Blog

TRAUMA & ESPIRITUALIDADE.

j0438815

 

As escolhas kármicas.

Se mesmo os acontecimentos mais duros e traumáticos são escolhas, é bom tentarmos entender um pouco porque, em nosso nível evolutivo, o trauma é uma opção consciente e aceitável.

Trauma é uma das mais poderosas e rápidas vias de adquirir evolução espiritual. Porém, este movimento evolutivo só acontece quando a luz do trauma curado/renegociado chega até a pessoa. Quando ficamos enredados na teia do trauma e no rastro de sintomas físicos e emocionais que ele deixa, esta evolução fica impedida por várias vidas e é aprofundada a cada repetição traumática. E tendemos a repetir, sempre na tentativa de resolver. Quando o trauma é curado e/ou re-negociado, um salto quântico na evolução daquela alma acontece. Quem não lembra a expansão experimentada em todas as áreas da vida a cada vez que um trauma é superado? Toda aquela enorme energia presa para nos manter funcionais, retorna para nós. Por isso que, apesar de penoso, este é um dos caminhos mais escolhidos, pois até certo ponto da evolução, esta é a forma . Por isso, todas as terapias efetivas de cura do trauma são bem vindas, porque revelam caminhos legítimos para alcançar consciência, recuperar a inteireza da Alma e a capacidade humana de criar realidades. Por isso, é bom sair do tentador papel de vítimas e nos entregarmos ao trabalho de buscar o tesouro de luz, escondido atrás de cada evento traumático. E nunca esquecer que tudo foi ou é nossa escolha. Lembrando isso, legitimamos as formas que nosso espírito escolheu para evoluir.

Não há caminho para um equilíbrio e uma evolução mais amplas sem a proposta de seguir um caminho de consciência. Embora ele seja duro a princípio, a Alma se regozija quando entramos nele. Mas, efetivamente, diante de dificuldades e realidades duras demais, às vezes temos saudade do que chamávamos de “cegueira”. É como aquela pessoa que fez de tudo para descobrir toda a realidade da vida da/do companheiro (a) e descobre mentiras, traições e abusos de poder emocional e, mesmo contente por viver neste “mundo real”, tem saudade daquela fantasia, onde tinha a ilusão de ser uma pessoa feliz, numa relação perfeita. Porém, há um ponto do caminho evolutivo onde não há mais volta. E embora cada “camada da cebola” seja mais profunda e difícil, não podemos mais nos sentirmos felizes sem estar nesta Senda do Buscador. Felizmente, a presença da Luz e dos guias espirituais é uma realidade para a maior parte de nós. Assim, nos apoiarmos num Ser Supremo, não interessa se o identificamos com um Deus, Deusa ou ambos, é uma enorme força no enfrentar destas passagens.

Copyright: Floraisdadeusa/Cler Barbiero de Vargas
Cópias e reproduções são permitidas desde que a autoria seja informada.

  • Arquivos

  • Categorias