GATOS, NOSSOS PARCEIROS EVOLUTIVOS.

Esta semana partiu uma de minhas gatas, a Lua, que esteve conosco por doze anos. Agora temos “só” cinco gatos. Sua partida me fez pensar em quantos maravilhosos gatos e gatas estiveram comigo ao longo de minha vida e que trabalho maravilhoso fizeram por mim, minha família, os Florais da Deusa, meus clientes e alunos (sim, sempre tem um gato no meu consultório e nos grupos que são dados em meu estúdio do Rio Tavares).

Gatos sempre foram associados com bruxas e muitas pessoas veem neles “seres do mal”. Por serem mais reservados, por terem uma forte independência e um forte senso de si mesmos, ao serem comparados com o comportamento dos cães, são vítimas de falsas crenças, tipo: gato gosta da casa e não do dono; gato não é carinhoso; gato é perigoso e por aí afora.

Mas só quem convive com gatos sabe o quanto estas afirmações são erradas.

Gatos são profundamente conectados com seus donos, se preocupam com ele e sua família. Estudos mostram que eles nos pensam como gatos grandes e desajeitados que precisam de ajuda e por vezes de um petisco saboroso como um rato, uma pequena cobra ou inseto, felizmente mortos, que nos trazem e depositam orgulhosamente aos nossos pés. São engraçados, têm senso de humor, sabem aproveitar os prazeres da vida, são inteligentes e profundamente sensíveis.

É na sensibilidade que são os nossos maiores aliados – gatos captam e “veem” energias adversas nos ambientes e vão até lá, ficam na sua posição predileta que chamo de “patinhas dentro das mangas do quimono” até transformar aquela energia. Ou ficam deitados em cima do seu corpo exatamente onde está doendo ou está doente ou se espalham em cima do seu Chakra do Coração (centro do peito) quando você está sofrendo. Depois dormem, loucamente, por horas a fio, para reequilibrarem seus próprios sistemas físico e energético que ficam abalados depois de semelhante tarefa. Muitas vezes, um gatinho se sacrifica e morre, levando consigo uma energia muito densa que está prejudicando a família de seu tutor.

Por isso os gatos sempre foram companheiros das “mulheres medicina” -as curandeiras, as parteiras, as erveiras; as bruxas (aquelas que conhecem a “arte da sabedoria”), os buscadores espirituais. Porque estas pessoas sabem o tipo de trabalho que um gato – este Parceiro Evolutivo – pode fazer por você e pelo ambiente onde se praticam artes de cura. Na época da Inquisição, que matou mais 9 milhões de pessoas ao longo de quinhentos anos, frequentemente eram colocadas armadilhas para pegar os gatos de uma Curandeira que tinha sido presa e eles eram queimados vivos amarrados ao corpo dela. Eu tive uma memória com minha gata Safira (que esteve comigo nesta vida por 19 anos e meio, uma grande curadora) sendo queimada comigo e subindo pelo meu corpo e se aninhando perto do meu pescoço enquanto as chamas iam nos consumindo. Ela voltou e reencarnou comigo várias vezes. Temos um compromisso evolutivo, um laço de irmandade e de amor muito profundo.

O grande médium brasileiro Chico Xavier afirmava que os animais de estimação, gatos e cachorros, após fazerem sua passagem permanecem perto do dono por até quatro anos, trazendo cuidado e consolo. E que frequentemente reencarnam em nossa família. Chico diz também que eles, como nós, têm uma Alma individual que está em evolução.

Pessoas que maltratam, envenenam ou tratam um animal de estimação como “coisa” que pode ser “jogada fora”, mostram uma estado involutivo muito intenso – são quase selvagens, espiritualmente falando.  Olhar e tratar os animais como filhos humanos ou como humanos, é igualmente inadequado.

Animais devem ser respeitados em sua natureza de seres que possuem sensibilidade e consciência, irmãos que caminham conosco numa parceria de via dupla: nós os ajudamos a evoluir, eles nos protegem, nos dão amor, calor e aconchego e nos fazem experimentar como é o mais puro AMOR INCONDICIONAL.

Este post é um homenagem para você, minha querida Lua. Que a Deusa ilumine seus passos hoje e sempre!

 

 

Dúvidas sobre qual floral é o mais indicado para você?

Envie uma mensagem para nós, ou preencha o formulário de contato e seja orientado por nossa Terapeuta Responsável.

48 9 9611-7243
48 3237-4387 | 48 3232-6253