Blog

DESAPEGO & FLORAIS DA DEUSA. Quando o deixar ir é a cura.

Drop Falling into Water ca. 2000

Tem uma frase que costumo repetir muito para os meus clientes:

 

“ – E se você simplesmente soltasse? ”

 

Desapego é uma palavra que está na moda, mas uma prática extremamente difícil. Por que nas relações e na vida vamos fazendo laços e nós – mais ou menos complicados – e vamos nos construindo e existindo nesta rede de relações. E têm pessoas, empregos, “lugares” que quando deixamos ou somos deixados por eles, ficamos com um oco no coração que nada preenche. É importante viver o luto (e você pode ler sobre isso em outro post, A Importância de Viver o Luto), mas é importantíssimo MOVER-SE para frente, tratando cortar as amarras que fazem este avançar penoso e sofrido.

Gosto também de pensar em DESAPEGO naquelas situações que fogem ao nosso controle. Aquelas situações em que você fez tudo o que poderia (até o que não poderia) e não se resolvem, porque simplesmente SÃO MAIORES DO QUE NÓS, O que significa dizer que elas estão em nosso destino ou dependem de outras pessoas para serem resolvidas. E o melhor a fazer é dar um SIM à minha pergunta acima e simplesmente SOLTAR. Quanto soltamos e admitimos que aquilo é maior do que nós e está na mão do destino ou da Divindade, relaxamos na espera e desapegamos da EXPECTATIVA por resultados.

Desapegar é profundamente importante nas relações familiares e amorosas, e o desapego quando feito, planta as sementes para o PERDÃO. Não há perdão se não pudermos nos desapegar das expectativas frustradas ou das perdas sofridas. Primeiro é preciso desapegar – até da raiva, do desgosto, da frustração – para então poder começar a contemplar a outra e muito mais importante parte da jornada – PERDOAR.

Aqui nos Florais da Deusa, temos algumas possibilidades para ajudar você no processo de desapego:

Floral Perdão/Desapego

Floral Partidas/Separações

Floral Pai Luz

Floral Mãe Paz

Bálsamo Harmonização 4 – Chakra do Coração (Uso externo)

Floral Superando Traumas

Todos eles, recomendamos um uso continuado de pelo menos seis meses, pois uma ferida que levou tempo para ser feita, precisa de tempo para curar.

Desapegar é um PROCESSO, não uma DECISÃO. Sim, ele nasce de uma decisão, mas precisa de um processo de cura para ser finalizado. Se este é o seu caso, lhe desejamos bênçãos e coragem no seu CAMINHO DO DESAPEGO!

Ficou com dúvidas? Escreva para a gente: indicacao@floraisdadeusa.com.br

 

 

  • Arquivos

  • Categorias